Uma jovem vítima de estupro quebrou o anonimato nesta terça-feira para criticar a decisão do Conselho Metropolitano de Rotherham, na Inglaterra, de convidar o estuprador a conhecer o filho gerado pelo abuso. Em um vídeo publicado no seu perfil do Twitter, Sammy Woodhouse pede por mudanças na legislação para evitar que outros casos semelhantes aconteçam.

Uma jovem vítima de estupro quebrou o anonimato nesta terça-feira para criticar a decisão do Conselho Metropolitano de Rotherham, na Inglaterra, de convidar o estuprador a conhecer o filho gerado pelo abuso. Em um vídeo publicado no seu perfil do Twitter, Sammy Woodhouse pede por mudanças na legislação para evitar que outros casos semelhantes aconteçam.

“Isso está acontecendo por todo o país e precisa parar. Crianças estão sendo entregues a estupradores e assassinos. Vítimas de estupro também têm ido para centros de apoio para dar acesso às crianças e encontrar com o homem que as estuprou”, diz ela.

O conselho é responsável por prover serviços governamentais na localidade de Rotherham, como assistência social, coleta de lixo e faturamento de impostos.

Segundo a própria vítima, o estuprador não teria entrado com um pedido para conhecer a criança, sendo a decisão inteiramente vinda do Conselho. Hussain também não consta como pai na certidão de nascimento. O Ministério da Justiça abriu uma investigação para saber se o convite foi resultado de falhas no sistema ou um erro de pessoas envolvidas no caso.

Em um comunicado, o Ministério afirmou que está tratando o caso com urgência e que cortes deveriam levar em consideração o potencial risco, tanto para a mãe quanto para a criança, ao tomar decisões neste tipo de caso.

“Esse é obviamente um incidente angustiante e os departamentes relevantes e autoridades locais irão trabalhar com urgência para entender e lidar com as falhas deste caso”, afirma.

1 COMMENT

  1. Lamentável, gente idiota com poder da caneta querendo dar moral para estuprador ! Não é só aqui no Brasil que a justiça da se preocupa mais em dar atenção aos criminosos do que as vítimas!

    VERGONHA , IMORALIDADE!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here